terça-feira, 16 de julho de 2013

ACIDENTE DE TRÂNSITO TERMINA EM ESFAQUEAMENTO NO URUARÁ

Um acidente de trânsito envolvendo duas motocicletas que aconteceu no último domingo, 14, na Avenida Nações Unidas, bairro uruará, em Santarém/PA, gerou grande confusão e briga no local, que terminou com o esfaqueamento do cidadão Jesinaldo dos Santos Mendes e na prisão de Cássio Ramos dos SantosO acidente aconteceu por volta das 19:00 horas, quando a vítima Jesinaldo se envolveu no acidente e não teria gostado de ser criticado por Cássio de estar 'bêbado'. 
Durante o 'disse me disse', Cássio e Jesinaldo, conhecido por 'Naldo', chegaram a trocar socos, mas a turma do 'deixa disso' apartou a briga, indo Cássio para sua casa e 'Naldo' ficado no local, mas demonstrou comportamento de vingança, visto que, segundo testemunhas, estava agitado pelo efeito do álcool.
Pouco minutos depois da briga, 'Naldo' teria ido armado com uma faca na garupa de uma moto até a casa de Cássio para tomar satisfação, quando houve nova confusão e 'Naldo' teria tentado furar várias vezes Cássio, que conseguiu correr. Durante a confusão, 'Naldo' saiu furado nas costas e foi socorrido para o Pronto Socorro Municipal em estado grave, onde ainda está internado.
A polícia militar foi acionada e esteve no local apurando a situação, quando testemunhas 'deduraram' que o autor do esfaqueamento tinha sido Cássio, que foi preso em sua casa, localizada na Avenida Nações Unidas, nº. 11, bairro uruará.
Cássio foi conduzido para a 16ª Seccional Urbana, onde negou o crime, mas foi reconhecido, por pelo menos duas testemunhas, como sendo o autor da facada na vítima. Ele foi autuado em flagrante pelo Delegado Jardel Luis Castro Guimarães e indiciado por tentativa de homicídio e, depois das formalidades legais, foi transferido para a 'Penitenciária de Cucurunã'.
Em depoimento ao Delegado, Cássio negou, de 'pés juntos', a autoria do crime e disse não saber quem tinha esfaqueado a vítima, apesar do crime ter acontecido em sua casa.
Na tarde de ontem, 15, o cidadão Raimundo Charles Soares Sá, sobrinho de Cássio, se apresentou na 16ª Seccional assumindo a autoria do esfaqueamento e prestou depoimento ao Delegado Jardel, que está apurando o crime.
Cássio Ramos dos Santos - culpado ou inocente?

3 comentários:

Anônimo disse...

Cassio Ramos um rapaz trabalhador pai de familia. Nunk fez mal a ninguem, quem o conhece quem sabe da sua historia. afirma. Ele a unica vitima da historia e foi preso cmo se fosse um bandido qualquer... Eh isso que eh revoltante... OS bandidos estao por ai fazendo baderna enquanto um pai de familia chegou a ser preso por tentar defender a sua casa...

Anônimo disse...

inocente

Aline Assis disse...

Isso é uma injustiça com um pai de família uma pessoa que invade uma casa armado boa pessoa não é.