quinta-feira, 28 de março de 2013

HOMEM FOI PRESO PORTANDO ARMA DE FOGO DE USO RESTRITO

Foi preso na madrugada de hoje, 28, o cidadão Alessandro Ross de Sousa Carvalho, vulgo 'Bena', 36 anos, residente na Rua Nova Olinda, nº. 169, bairro diamantino, em Santarém/PA, acusado do crime de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.
'Bena' foi preso pela Polícia Militar por volta de 01:30 horas, ao ser abordado e flagrado portando ilegalmente na cintura uma pistola, marca taurus, calibre .40, com parte da numeração de série e brasão raspados, e um carregador com oito munições, quando se encontrava no 'Bar do Gordo', localizado na Avenida Curuá-una, bairro São José Operário, em Santarém. Segundo os policiais, a arma seria furtada ou roubada de um policial civil ou militar.
Após ser abordado com a arma ilegal, 'Bena' foi conduzido para a 16ª Seccional Urbana de Santarém e apresentado para o Delegado Luiz Augusto Carneiro da Paixão, que determinou a lavratura do auto de prisão em flagrante.
Para explicar o porte da arma ilegal, 'Bena' contou uma 'estória' fantasiosa para o Delegado, que não acreditou. Ele já foi transferido para o Sistema Penal do Estado.
Alessandro Ross de Sousa Carvalho - 'Bena'

POLÍCIA CIVIL PRENDE QUADRILHA QUE ASSALTAVA LOJAS EM SANTARÉM

Depois de uma intensa investigação, policiais civis lotados na 16ª Seccional Urbana de Santarém/PA, sob o comando do Chefe de Operações Hélio Rego Pereira, prenderam no final da tarde de ontem, 27, três pessoas acusadas de praticarem roubos (assaltos) de motocicletas e contra lojas e farmácias de Santarém. Com os acusados foram apreendidas duas motocicletas roubadas.
Os acusados presos foram: William Amaro Silva Lisboa, 30 anos, residente na Rua 4, nº. 518, bairro nova república; André Felipe do Amaral Damasceno, 22 anos, residente na Travessa 23, nº. 46, bairro vitória régia; e Raimundo Nonato Barbosa da Silva, 30 anos, residente na Rua Osvaldo Cruz, nº. 9, bairro Santo André, todos em Santarém.
A investigação já vinha acontecendo há dias, mas a operação policial que resultou na prisão em flagrante dos acusados, começou na manhã de ontem, com a prisão de André Felipe, e terminou no final da tarde com a prisão de Raimundo Nonato Barbosa da Silva, ambos foram encontrados com motocicletas roubadas.
Segundo informações policiais, os investigadores estavam empenhados para desvendar os últimos roubos ocorridos contra motociclistas, farmácias, consultórios médicos e lojas de equipamentos eletrônicos na cidade, quando a linha de investigação os levou até a uma casa na Travessa 14, bairro nova república, onde apreenderam uma motocicleta Honda/NXR 150 Bros preta, roubada no final da tarde do último dia 23. A moto, que foi usada em vários roubos, dentre os quais na loja ‘Print Copy’ e ‘Farmácia Primavera’, estava em poder de André Felipe e com a placa já adulterada. Ele alegou que a moto não era sua, mas sim de um primo que tinha viajado para outra cidade, o que não convenceu os ‘tiras’ e foi preso por receptação.
Durante um breve interrogatório à ‘pé de ouvido’, André Felipevomitou’ que a citada moto tinha sido roubada por Willian Amaro e levou os policiais até sua ‘toca’, na Travessa 04, nº. 518, bairro nova república, onde foi preso. Com ele foram apreendidas  as roupas usadas nos roubos. Willian confessou ‘com todas as letras e com riqueza de detalhes’ que praticou e comandou o roubo da motocicleta Honda/NXR 150 Bros preta (usada em outros roubos), na ‘Farmácia Primavera’ (de onde foram roubados 2,5 mil em dinheiro), e na loja ‘Print Copy’ (de onde foram roubados vários telefones celulares e outros equipamentos de informática). Willian disse ainda que o dinheiro e objetos roubados foram divididos entre os participantes dos roubos e usados para pagar dívidas em ‘bocas de fumo’ e pelo aluguel das armas.
Willian confessou ainda o roubo de uma motocicleta Honda/CG 150 Titan preta, que foi usada também em roubos, e levou os policiais até a casa de Raimundo Nonato, para quem tinha vendido o ‘bagulho’. Raimundo Nonato foi encontrado na posse da moto roubada e foi preso.
As demais pessoas que fazem parte da quadrilha, inclusive as que estão de posse das armas usadas nos roubos, mas que não foram presas pelos policiais, suas identidades e alcunhas foram mantidas em sigilo para não atrapalhar as investigações.
Todos os acusados presos confessaram participação nos últimos roubos ocorridos em Santarém. Eles foram autuados em flagrante pelo Delegado Luiz Augusto Carneiro da Paixão e indiciados pela prática dos crimes de receptação e formação de quadrilha ou bando.
Após a lavratura do flagrante, os acusados, que todos já têm passagens pela polícia, foram encaminhados para o sistema penal do Estado.
William Amaro Silva Lisboa
Raimundo Nonato Barbosa da Silva
André Felipe do Amaral Damasceno

quarta-feira, 27 de março de 2013

POLÍCIA MILITAR PRENDE DOIS ACUSADOS DE TRÁFICO DE DROGAS

Ações de combate ao crime de tráfico de drogas em Santarém é uma das metas operacionais da Polícia Militar do Pará, e na noite de ontem, 26, para hoje, 27, duas abordagens resultaram em prisões em flagrante de duas pessoas comercializando drogas em bairros distintos.
A primeira abordagem aconteceu por volta das 19:30 horas em uma residência localizada na Avenida Olavo Bilac, nº. 225, bairro santarenzinho, quando policiais do serviço reservado prenderam o cidadão Adriano Sousa dos Santos, vulgo 'Pita', 22 anos. Com ele os policiais apreenderam quase 300 gramas de pasta de cocaína, nove 'trouxas' de pasta de cocaína, mais de R$1.000,00 em dinheiro, um veiculo VW/Saveiro, dois telefones celular, além de baldes plásticos, bacias plásticas, sacolas plásticas, tesoura, linha de costura, balança digital, barrilha e solução de bateria que estavam sendo usados na manipulação da droga.
O local onde funcionava a comercialização da droga já estava sendo investigado há três meses pelos policiais, e era conhecida por 'boca de fumo do pita', pois a venda  funcionava na própria residência no bairro santarenzinho.
No momento da abordagem policial, 'Pita' foi flagrado fracionando a droga na mesa da cozinha de sua casa e não teve chance de 'desdobrar' os policiais. Quando era realizada busca e revista na casa de 'Pita', mais de quinze usuários de droga chegaram naquele local para comprar o entorpecente e foram atendidos pelos policiais, quando foram detidos e conduzidos para a 16ª Seccional, onde prestaram depoimentos e depois  foram liberados.
'Pita' foi apresentado para o Delegado Domingos Djalma Rego Pereira, que determinou a lavratura do flagrante e o indiciou pela prática do crime de tráfico de droga. 
Adriano Sousa dos Santos - 'Pita'
Pasta de cocaína, barrilha e solução de bateria apreendidos com 'Pita'
A segunda abordagem aconteceu por volta de 01:00 hora, no bairro nova república, quando foi preso o cidadão Marcos Jheimesson Ribeiro Mendes, vulgo 'Louro', 24 anos, residente na Rua 14 esquina com a Travessa Everaldo Martins, naquele bairro. Com 'Louro' os policiais apreenderam dez 'trouxas' de pasta de cocaína, além de um telefone celular e R$71,00 em dinheiro.
Marcos Jheimesson Ribeiro Mendes - 'Louro'
Dinheiro, droga e celular: Kit traficante
As abordagens que culminaram com as duas prisões foram realizadas quando os policiais já estavam de 'olhão' para os meliantes e não tiveram como argumentar que não estavam vendendo droga, pois foram flagrados praticando o crime.
Os dois acusados presos já têm um histórico no crime de tráfico de droga na vida. 'Pita' é irmão da mulher do traficante 'Kalunga', que está presa por tráfico de droga na 'Penitenciária de Cucurunã', e 'Louro' já foi preso anteriormente por tráfico de droga na cidade de Itaituba.
Após os procedimentos do flagrante feitos na 16ª Seccional, os dois acusados foram levados para o Sistema Penal do Estado.

domingo, 24 de março de 2013

CRIME NO 'HAPPY HOUR': ASSASSINO SE FEZ DE AMIGO PARA MATAR A VÍTIMA

Um crime de homicídio aconteceu por volta das 03:00 horas do último dia 23, sábado, nas dependências do estabelecimento 'Happy Hour', localizado na Travessa Turiano Meira esquina com a Avenida Tropical, bairro interventoria, em Santarém/PA. A vítima foi o cidadão Rodrigo Sanches da Silva, tinha 23 anos e residia na Travessa Caranã, nº. 334, bairro matinha, em Santarém, que recebeu um tiro no peito e faleceu quando era socorrido por amigos para o Pronto Socorro Municipal de Santarém.
O acusado do crime é o cidadão Anderson Ferreira dos Santos, vulgo 'Pitoca', 22 anos, residente na Rua Itamaraty, nº. 1073, bairro São José Operário, em Santarém, que foi preso logo depois quando chegava em sua casa.
Segundo informações policiais e de testemunhas do crime, vítima e acusado já se conheciam, e na noite do crime, a vítima teria arremessado uma lata de cerveja na cara de um cidadão que teria lhe desferido um tapa na face, fato ocorrido no interior do 'Clube Talismã'. O cidadão que teria sido atingido pela lata de cerveja jogada pela vítima seria primo ou amigo do acusado.
Após o desentendimento, a vítima e colegas foram para o bar 'Happy Hour', onde ficaram se divertindo e bebendo cerveja, quando o acusado apareceu na companhia de outros colegas, que usavam motocicletas, e ficaram 'cercando' e mirando a vítima.
O acusado foi até a vítima e a cumprimentou, dizendo que era primo da pessoa em quem ela tinha jogado a lata de cerveja e que tinha ido ali para 'derruba-la' e exibiu um revólver na cintura, mas tudo já tinha sido resolvido e que eram amigos e nada ia acontecer com ela. Os dois passaram a conversar amistosamente, inclusive a vítima chegou a pagar cerveja para o acusado, que sempre repetia que eram 'parceiros'.
Em dado momento, quando a vítima virava o corpo para falar com uma amiga, o acusado levantou da cadeira, sacou o revólver e desferiu um tiro, quase à queima-roupa, no peito da vítima, que ainda saiu correndo para evitar o segundo disparo, mas caiu logo adiante, enquanto que o acusado saía correndo abaixado entre as pessoas e empreendeu fuga, possivelmente em uma motocicleta que o aguardava próximo dali.
A vítima foi socorrida por amigos e foi levada em um táxi para o PSM, mas faleceu a caminho do hospital.
Após o crime, investigadores da Polícia Civil foram ao PSM e no local do crime, onde conseguiram informações sobre o suspeito, que era conhecido pela alcunha de 'Pitoca', indivíduo perigoso e investigado por envolvido com os crimes de tráfico de drogas e furtos e roubos de motos na cidade, inclusive as testemunhas descreveram a roupa que o suspeito estava trajando no momento do crime.
Os policiais localizaram a casa do suspeito e foi feita uma abordagem conjunta das polícias civil e militar, quando prenderam 'Pitoca' no momento em que chegava na residência trajando a roupa descrita pelas testemunhas. 
Interrogado pelos policiais, o acusado negou o crime, inclusive disse que não conhecia a vítima e que não esteve no 'Happy Hour' naquela noite, mas as inúmeras testemunhas oculares e presenciais do crime reconheceram o acusado e foram unânimes e taxativas em afirmar que 'Pitoca' foi o autor do crime.
'Pitoca', que é ex-presidiário e responde por pelos menos dois processos acusado do crime de tentativa de homicídio nas comarcas de Altamira e Santarém, foi autuado em flagrante pelo Delegado Domingos Djalma Rego Pereira e indiciado por homicídio. Ele foi transferido para o Sistema Penal do Estado na manhã de hoje. 
Anderson Ferreira dos Santos - 'Pitoca', acusado do crime
Rodrigo Sanches da Silva - Vítima

EX-PRESIDIÁRIO 'CATITU' FOI ASSASSINADO À TIRO NO SANTO ANDRÉ

O ex-presidiário Clemilson de Sousa, vulgarmente conhecido no mundo do crime por 'Catitu', 36 anos, que residia na Rua Cáritas, bairro maracanã, em Santarém/PA, foi encontrado morto por volta das 09:30 horas de hoje, 24, na Rua Lauro Sodré, bairro Santo André, em Santarém.
O corpo de 'Catitu', que foi encontrado por populares numa área de matagal baixo e apresentava uma perfuração de projétil de arma de fogo, possivelmente de revólver calibre 38, na altura da virilha, o que, possivelmente, tenha ocasionado sua morte.
'Catitu' era viciado em droga e tinha uma extensa ficha de antecedentes criminais da polícia, tendo sido preso várias vezes por furtos e roubos praticados principalmente nos bairros maracanã e caranazal. Ele cumpriu vários anos de cadeia, por condenação, na 'Penitenciária de Cucurunã'.
Segundo seus familiares, 'Catitu' saiu de sua casa na noite da última sexta-feira, 22, e desde então não mais retornou e estava sendo considerado desaparecido.
Durante a realização da perícia de levantamento de local de crime e remoção do cadáver por peritos do Centro de Perícias Científicas 'Renato Chaves', foi constatado que 'Catitu' usava duas camisas de cores diferentes, sendo uma manga longa e outra manga curta, uma calça comprida, uma bermuda e uma cueca, além de uma faca de mesa que foi encontrada na sua cintura, que são evidências típicas de quem estaria praticando crime, possivelmente roubo (assalto) naquele bairro, e foi alvejado mortalmente com um balaço desferido por uma pessoa até então desconhecida.
Desde sua adolescência, 'Catitu' já era envolvido com furtos e deu muito trabalho para a polícia, mas como contava com o apoio de sua família, principalmente por sua mãe, ele enveredou definitivamente para o crime.
Segundo os policiais civis e militares que estiveram no local do crime e que conheciam o  seu passado, 'Catitu' demorou muito para encontrar a morte.
O crime está sendo investigado por uma equipe comandada pelo Delegado Jardel Guimarães.
Clemilson de Sousa - 'Catitu', quando cumpria pena no cucurunã 
'Catitu' foi encontrado morto por populares no meio do mato
Polícia, Peritos, imprensa e populares estiveram no local
Uma perfuração na calça de 'Catitu', local onde acertou o tiro fatal
Uma faca serrilhada, de mesa, estava na cintura do corpo de 'Catitu'
A sandália de 'Catitu' foi encontrada escondida em suas costas

sexta-feira, 22 de março de 2013

ACUSADO DE ARROMBAR CARRO E FURTAR TOCA-CD FOI PRESO NA MADRUGADA

Aproveitando a calada da noite santarena e as constantes chuvas que caem durante a madruga, o cidadão Alan Christian Cunha Colares, 23 anos, residente na Travessa A, nº. 100, bairro maracanã, em Santarém/PA, não teve o que fazer, decidiu sair de sua rede e ir mexer nas coisas alheias, qundo acabou em cana.
Era por volta das 03:00 horas de hoje, 22, quando uma guarnição da Polícia Militar passava em ronda pela Avenida Fernando Guilhon, bairro santarenzinho, e se deparou com o acusado levando, discretamente e enrolado na camisa, algo que chamou a atenção dos 'homens', que fizeram sua abordagem.
Durante a revista, os 'homens' constataram que o acusado levava um aparelho de toca-cd com a fiação de instalação cortada, e logo suspeitaram que se tratava de um produto furtado e encheram a cabeça do acusado de perguntas, mas ele não colaborou em nada e ficou mudo.
Como os 'homens' estavam sem sono e dispostos a trabalhar em prol da sociedade santarena, passaram a fazer buscas próximas do local da abordagem e encontraram uma oficina, que ao olharem para os carros ali estacionados, avistaram que um deles estava com o vidro lateral retirado e constataram que o local onde fica o toca-cd estava 'só o rombo' e o acusado ficou nervoso.
O proprietário da oficina, que mora nos fundos, foi chamado e levou um susto ao constatar que seu veículo tinha sido arrombado e seu toca-cd furtado, reconhecendo o aparelho encontrado com o acusado como sendo o seu.
Levado para a 16ª Seccional Urbana, Alan foi apresentado para o Delegado Jamil Farias Casseb que, após constatar os requisitos básicos de uma prisão em flagrante, deu-lhe voz de prisão e determinou a lavratura do auto flagrancial.
Interrogado pelo Delegado durante seu depoimento, Alan se reservou no direito constitucional de ficar calado e disse que só falará perante o Juiz de Direito.
Após as formalidades legais e ser indiciado pelo Delegado na prática do crime de furto qualificado, Alan foi encaminhado para o Sistema Penal do Estado.
Alan Christian Cunha Colares - acusado do furto

quinta-feira, 21 de março de 2013

FORAGIDO DA PENITENCIÁRIA DE CUCURUNÃ É PRESO PELA PM

Já está de retorno no Centro de Recuperação Agrícola 'Silvio Hall de Moura', a  conhecidíssma 'Penitenciária de Cucurunã', em Santarém/PA, o detento Jorge Luiz Rodrigues Araújo, vulgo 'Jorginho', 50 anos. Ele foi preso no final da manhã de hoje, 21, por homens do serviço reservado da Polícia Militar do Estado, lotados no Quartel do 3º BPM, em Santarém.
'Jorginho' estava foragido da 'Penitenciária de Cucurunã' desde o final da tarde do último dia 04.03.2013, quando, de forma ainda a ser explicada, pulou o muro daquela casa penal e empreendeu fuga pelo mato.
Depois de dezessete dias longe da polícia, 'Jorginho' foi encontrado escondido em uma casa no bairro diamantino, em Santarém.
Dentre os processos que responde, tem um que preocupa e lhe tira o sono. Um em que é acusado de duplo homicídio na cidade de Manaus/AM e tem pavor quando lhe dizem que será transferido para aquela cidade manauara, pois teme por sua integridade física e, principalmente, sua vida.
Jorge Luiz Rodrigues Araújo - 'Jorginho'

POLÍCIA CIVIL PRENDE CONDENADO POR TRÁFICO DE DROGAS EM SANTARÉM

Investigadores da Polícia Civil do Estado, lotados na 16ª Seccional Urbana de Santarém/PA, prenderam na manhã de hoje, 21, o cidadão Júlio Cesar dos Santos Silva, o 'Júlio', 46 anos, residente na Avenida Verbena, nº. 2240, bairro jardim santarém, em Santarém.
'Júlio' foi preso em cumprimento a um Mandado de Prisão expedido pelo Juiz de Direito Rômulo Nogueira de Brito, que responde pela 6ª Vara Penal da Comarca de Santarém. Ele foi condenado a pena de 5 anos de reclusão, a ser cumprido inicialmente no regime fechado, pela prática do crime de tráfico de droga no ano de 2006, em Santarém.
Depois das formalidades legais na 16ª Seccional, 'Júlio' foi levado para o Centro de Recuperação Agrícola 'Silvio Hall de Moura', onde cumprirá sua pena.
Júlio Cesar dos Santos Silva, o 'Júlio'

quarta-feira, 20 de março de 2013

PRF PRENDE COMERCIANTE ACUSADO DE RECEPTAÇÃO DE VEÍCULO FURTADO

Policiais Rodoviários Federais prenderam em flagrante na manhã de hoje, 20, o comerciante João Raimundo da Silva, vulgo 'Louro do Maracanã(foto), 56 anos, residente na Rua Angelim, nº. 447, bairro maracanã, em Santarém/PA, acusado do crime de receptação.
Segundo informações policiais, os PRFs estavam fazendo uma fiscalização de rotina na Rodovia Santarém/Cuiabá, quando, por volta das 10:30 horas, abordaram um veículo GM/Celta Spirit, placa NEO-0282, que era conduzido por 'Louro do Maracanã', e quando foi feita pesquisa junto ao sistema da PRF, os policiais constataram que o citado veículo tinha ocorrência de furto/roubo na cidade de Macapá/AP.
'Louro do Macanã' foi conduzido para a 16ª Seccional Urbana de Santarém e apresentado para o Delegado Jardel Luis Castro Guimarães, que deu voz de prisão ao acusado e determinou a lavratura do auto de prisão em flagrante. 
Em depoimento ao Delegado, 'Louro do Maracanã' alegou que comprou o citado veículo de um cidadão por 12 mil reais, parcelado em três vezes, e que não tinha conhecimento que o veículo era produto de furto.
Depois do procedimento terminado, 'Louro do Maracanã' foi colocado em liberdade após recolher fiança ao Estado.

terça-feira, 19 de março de 2013

VICIADO FOI PRESO APÓS AMEAÇAR A MÃE E FAZER QUEBRA-QUEBRA EM CASA

Está recolhido na ‘sala de visita’ da 16ª Seccional Urbana de Santarém/PA, o cidadão Carlos Douglas de Sousa Rebelo, 18 anos, residente na Rua Portugal, nº. 310, bairro Santo André, em Santarém. Ele foi preso em flagrante sob acusação da prática dos crimes de ameaça e dano no âmbito doméstico.
A prisão de Carlos Douglas aconteceu por volta das 14:00 horas de ontem, 18, por uma guarnição militar ao comando do Sargento Albino, depois que foi denunciado ‘aos homens’ de que estaria em sua casa, com visíveis sintomas de embriaguez alcoólica ou drogado, ameaçando de morte sua genitora e quebrando alguns bens móveis da residência.
Segundo informações da vítima e testemunhas, Carlos Douglas é viciado em droga e vive perambulando pelas ruas, não quis estudar e nem quer trabalhar, e só aparece em casa, às vezes, para tomar banho, trocar de roupas e comer muito.
Ontem o acusado chegou em sua casa ‘muito doido’ e exigia seus documentos, que foi negada a entrega pela mãe com receio de que ele fosse penhorá-los em ‘boca de fumo’ ou usá-los para outros fins ilícitos. Pronto, foi o suficiente para o acusado virar o ‘cavalo do demônio’.
Carlos não mediu as palavras para ofender e ameaçar sua querida mamãe, e depois, não satisfeito, pegou um pedaço de pau e passou a quebrar o que encontrava pela frente, e depois passou a dizer que iria atear fogo na casa, causando pânico nos familiares.
Um irmão mais velho do acusado ouviu aquela ‘ladainha de noiado’, se fez de macho e encarou o ‘doido’, tomando-lhe o pedaço de pau e ainda deu umas ‘rimpadas’ no traseiro dele. Por fim, deu uma ‘baiana’ e jogou-lhe no chão, imobilizando-o até a chegada da polícia, que foi ao local e o prendeu.
Levado para a Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher – DEAM, Carlos Douglas foi apresentado para a Delegada Andreza Souza Alves que determinou a lavratura do auto de prisão em flagrante e deu-lhe uma ‘lição de moral’.
Carlos Douglas foi beneficiado com o arbitramento de fiança estipulado pela autoridade policial, mas como não teve condições de recolher o valor de dois salários mínimos aos cofres do Estado, foi encaminhado para a Penitenciária de Cucurunã.
Carlos Douglas de Sousa Rebelo

sábado, 16 de março de 2013

MULHER LEVA SOCO NO OLHO E CHOQUE DO COMPANHEIRO, QUE JÁ ESTÁ PRESO

Era por volta das 21:30 horas de ontem, 15, quando ocorreu uma enorme confusão na residência nº. 604 da Travessa Antonio Alves, bairro jardim marina, vila de Alter do Chão, município de Santarém/PA, que terminou com a vítima exibindo um 'Ray-ban' no olho esquerdo e o acusado exibindo a 'pulseira do Elino Julião' nos pulsos.
Segundo informações da vítima, testemunhas e da polícia, o acusado Josimar Ferreira Melo, vulgo 'Magrinho', 23 anos, chegou em sua casa cheio da maldita da cachaça, depois de encher a cara de 'tatuzinho' no 'buteco' da esquina, e passou a cobrar ciumes da sua companheira e ver 'chifre na cabeça de cavalo'.
Para evitar problemas, a vítima resolver sair do local, mas 'Magrinho' não contou derrota e desferiu um único e certeiro murro na face da companheira, acertando-lhe o olho esquerdo que transformou logo num verdadeiro óculos 'Ray-ban'.
Não satisfeito, o acusado ainda pegou um fio elétrico, ligou na tomada e só encostou na costela da coitada, que saiu aos gritos da casa pulando e pedindo socorro aos vizinhos, e o valentão passou a quebrar os 'quase nada' da casa.
Em poucos segundos, os vizinhos e familiares da vítima já estavam todos no local e logo acionaram a polícia militar, que foi ao local e constatou a denúncia de violência doméstica, mas o 'Magrinho' já não se encontrava, pois tinha fugido e corrido pelos fundos para um matagal próximo.
Depois de colher informações da vítima sobre a agressão e ver o 'quebra-quebra' na casa, os policiais, sob o comando do Cabo Manoel, souberam que o acusado estava escondido em um terreno baldio próximo dali, onde foi preso.
O acusado, que é muito grande e bombado, exibindo um 'físico de jogador de purrinha', ainda tentou resistir à prisão fazendo força igual 'urubu fisgado no anzol', mas não teve jeito, choro e nem vela, quando foi algemado e conduzido para a 16ª Seccional Urbana de Santarém, onde foi autuado em flagrante pelo Delegado Luiz Augusto Carneiro da Paixão e indiciado na prática do crime de lesão corporal mediante violência doméstica.
Em depoimento ao Delegado, o acusado negou tudo e, na maior cara de madeira, explicou que o hematoma existente no olho da vítima foi em decorrência de ela ter batido na quina da porta do quarto quando se amavam.
O acusado, como manda a lei, foi beneficiado com uma fiança, que foi arbitrada pelo Delegado em cinco salários mínimos, mas como ele não tem onde cair vivo, foi transferido na manhã de hoje para o Sistema Penal do Estado, onde está a disposição da 'Dona Justa'.
Josimar Ferreira Melo - 'Magrinho'

quinta-feira, 14 de março de 2013

ACUSADO DE HOMICÍDIO EM 2008 É PRESO PELA POLÍCIA MILITAR

Policiais do serviço reservado da Polícia Militar lotados no Quartel do 3º BPM, em Santarém/PA, prenderam o cidadão Flávio de Sousa Lessa, vulgo 'Cói', 24 anos, residente na Travessa Orquídea, nº. 87, bairro jardim santarém, em Santarém.
A prisão de 'Cói' aconteceu por volta das 14:00 horas de ontem, 13, em cumprimento a um Mandado de Prisão Preventiva expedido pelo Juiz de Direito Gérson Marra Gomes, titular da 10ª Vara - Privativa do Tribunal do Júri da Comarca de Santarém.
'Cói' responde processo criminal acusado de ter assassinado, à tiros de revólver calibre 22, o cidadão Diego Carlos de Jesus Castro, à época com 19 anos, crime ocorrido por volta das 15:30 horas do dia 11.10.2008, na esquina da Rua Verbena com a Alameda onze, bairro jardim santarém. O motivo do crime seria uma rixa que nutria entre vítima e acusado.
'Cói' foi preso em flagrante pela Polícia Militar, mas conseguiu liberdade que durou até ontem. Ele já está no Centro de Recuperação Agrícola 'Silvio Hall de Moura' a disposição da justiça.
Flávio de Sousa Lessa - 'Coi'

quarta-feira, 13 de março de 2013

ASSALTANTES ROUBAM 410 MIL REAIS EM ALENQUER, MAS FORAM PRESOS EM SANTARÉM

O roubo, mediante sequestro e cárcere privado, aconteceu na noite do dia 11, segunda-feira, para 12, terça-feira, na cidade de Alenquer/PA, quando a família de um empresário e pecuarista foi mantida em cárcere privado por assaltantes, que roubaram dinheiro, jóias e eletroeletrônicos. Quatro acusados do crime, um amazonense, um maranhense e dois paraenses, foram presos em flagrante, e o quinto acusado conseguiu fugir no porto de Santarém.
Segundo informações policiais, era por volta das 19:30 horas de segunda-feira, quando a casa de um empresário e pecuarista alenquerense foi invadida por três indivíduos armados, um com uma pistola e dois com facas, anunciaram o assalto e, sob ameaça de morte, exigiam dinheiro e jóias. Toda família foi amarrada e os meliantes passaram a roubar tudo de valor que tinha na casa. Eles roubaram aproximadamente R$410.000,00 em dinheiro, várias peças de jóias em ouro, celulares e notebooks.
A família ficou a noite toda sob ameaça dos meliantes, que dividiram o dinheiro roubado ali mesmo, na casa, e fugiram no carro da família por volta das 06:00 horas de terça-feira. O carro foi abandonado logo depois na periferia de Alenquer.
Após a fuga dos assaltantes, a vítima conseguiu se desamarrar e acionou a Polícia Militar, que foi ao local e iniciaram as investigações.
Com as características físicas dos acusados descritas pelas vítimas, a Polícia Militar de Alenquer repassou as informações para a Polícia Militar de Santarém, que fechou a chegada ao porto da cidade. 
Três acusados do crime conseguiram fugir em uma lancha para a cidade de Santarém, onde dois foram presos quando desembarcavam no cais de arrimo e o terceiro indivíduo conseguiu sair da lancha sem ser notado pelos policiais, e fugiu.
Os acusados presos quando chegavam à Santarém são: Rik Senepo Barbosa, maranhense, 26 anos, residente na Rua Sol Nascente, conjunto Amadeu Botelho, nº. 39, bairro cidade nova IV, Manaus/AM; e Raucenir de Lima, amazonense, 24 anos, residente no conjunto Amazonino Mendes, Manaus/AM. Com os acusados os policiais apreenderam parte do dinheiro roubado, jóias e notebooks.
Conduzidos para a 16ª Seccional de Santarém, os dois acusados foram interrogados e delataram o nome e localização de outros dois comparsas na empreitada criminosa, cujas informações foram repassadas para a Polícia Militar de Alenquer, que prendeu mais dois acusados: Rodenilson Gentil Pantoja, vulgo 'Bidu', paraense, 33 anos, residente na Avenida Santos Dumont, bairro planalto, em Alenquer, e Waldomiro Yared Ferreira Filho, vulgo 'Balão', paraense, 18 anos, residente na estrada do curumim, bairro aningal, em Alenquer, como partícipes do crime.
Na Seccional, a vítima reconheceu Rik, Raucenir e Rodenilson como sendo as pessoas que adentraram em sua casa e anunciaram o assalto. Os demais deram apoio com informações privilegiadas da vitima.
Com os acusados, os policiais apreenderam uma pistola de pressão, um relógio de pulso, um notebook, quatro cordões e dois anéis em ouro e a importância de R$225.000,00 em dinheiro. O restante do dinheiro, segundo a polícia militar, estaria com o outro meliante que foragiu.
Os quatro acusados do crime foram autuados em flagrante pelo Delegado Herbert Farias Júnior e os indiciou pela prática dos crimes de roubo, sequestro e cárcere privado e formação de quadrilha ou bando.
 Após a lavratura do flagrante, os quatro acusados foram transferidos para o Sistema Penal do Estado.
Waldomiro Yared Ferreira Filho - 'Balão'
Rodenilson Gentil Pantoja - 'Bidu'
Raucenir de Lima
Rik Senepo Barbosa
Dinheiro, jóias e a arma de pressão apreendidos com a quadrilha

terça-feira, 12 de março de 2013

POLÍCIA CIVIL DESVENDA MORTE DE TAXISTA E PRENDE CINCO LATROCIDAS

Um excelente trabalho de investigação foi realizado pela Polícia Civil do Baixo Amazonas no crime de roubo seguido de morte (latrocínio) do taxista Antonio Vicente Filho (foto à direita), então com 58 anos de idade, ocorrido na noite do último dia 06, quarta-feira, em uma área de plantação de soja localizada na comunidade palhal, município de Mojuí dos Campos/PA.
Durante a investigação, que foi comandada pelos Delegados Nelson da Silva Nascimento, Jamil Farias Casseb e Jardel Luis Castro Guimarães, sob a coordenação do Delegado Superintendente Gilberto Aguiar, e que contou com o apoio do Delegado Godofredo Martins Borges, da Delegacia de Uruará/PA, tudo foi descoberto em detalhes e terminou com a recuperação do veículo da vítima, a arma do crime apreendida e os acusados presos.
Os acusados do crime são:
Marciano Konrad Rodrigues 
(mato-grossense-do-sul, 19 anos, residente no bairro jaderlândia, em Santarém)
Leidivaldo Parente de Sá - 'Vavá' ou 'Nego Bala'
(paraense, 27 anos, residente no bairro floresta, em Santarém)
Alan Diego de Sousa - 'Gaguinho' ou 'Branquinho'
(paraense, 21 anos, sem residência fixa)
Isaac José Serrão da Silva - 'Negueba'
(paraense, 22 anos, sem residência fixa) 
Edvaldo de Paula Silva - 'Mineiro' ou 'Velhinho'
(mineiro, 48 anos, sem residência fixa)
O crime:
No dia 06, quarta-feira, ‘Gaguinho’, ‘Negueba’ e ‘Mineiro’ passaram o dia inteiro bebendo cachaça no bairro jaderlândia, enquanto que a vítima passou o dia inteiro trabalhando em seu táxi.
Por volta das 18:00 horas daquele dia, ‘Gaguinho’ e ‘Negueba’ foram andando para o bairro nova república, onde se encontraram com Marciano e ‘Nego Bala’, enquanto que ‘Mineiro’ ficou em uma casa alugada no bairro jaderlândia. Depois que se encontraram, todos foram para a casa de ‘Nego Bala’, onde, durante a conversa, ‘Nego Bala’ disse que conhecia um taxista que ganhava muito dinheiro por dia e pretendia assalta-lo, convidando os demais para o crime, mas ‘Gaguinho’ e ‘Negueba’ teriam desistido, quando foram repreendidos por ‘Nego Bala’ que os disse que não eram homens, mas Marciano estava agitado e disse várias vezes que naquele dia o roubo deles ia dar certo, e todos aceitaram praticar o plano criminoso.
Por volta das 19:30 horas, os quatro seguiram andando até a Avenida Moaçara, bairro floresta, e no trajeto ‘Nego Bala’ ligou para a vítima solicitando uma corrida para o bairro jaderlândia, mas o taxista teria argumentado sobre a quantidade de passageiros, e ‘Nego Bala’ teria dito que era ele e mais três irmãos e a corrida teria ficado acertado em R$35,00.
Cerca de 10 minutos depois, a vítima chegou em seu veículo Fiat/Pálio vermelho no local, em um bar que fica em frente a uma casa noturna, para fazer a corrida, sendo que ‘Nego Bala’ foi no banco do passageiro, ao lado do motorista, enquanto que ‘Gaguinho’, ‘Negueba’ e Marciano foram no banco traseiro.  Naquele momento, ‘Gaguinho’ e Marciano já portavam facas na cintura para praticar o crime.
O taxi seguiu pela Avenida Moaçara, Avenida Curuá-una e seguido até o bairro jaderlândia, onde entraram na primeira rua, momento que Marciano sacou sua faca e anunciou o assalto, mandando que a vítima parasse o veículo. Os meliantes colocaram a vítima para o banco traseiro, ficando entre ‘Gaguinho’ e Marciano, que estavam armados, enquanto que ‘Nego Bala’ assumiu a direção do veículo e ‘Negueba’ seguido no banco do passageiro. Ainda no bairro jaderlândia, os meliantes passaram em uma casa alugada, onde estava ‘Mineiro’, que foi convidado e entrou no táxi, onde soube que se tratava de um assalto.
Do bairro jaderlândia, os meliantes seguiram com a vítima pela Rodovia Santarém/Curuá-una até a comunidade Santa Rosa, e dali seguiram até a cidade de Mojuí dos Campos, onde passaram pelo centro da cidade. Nesse trajeto, Marciano roubou os pertences da vítima, como celular, relógio, carteira e a importância de R$40,00, sendo que os objetos ficaram com Marciano e o dinheiro com ‘Nego Bala’.
Da cidade de Mojui dos Campos, seguiram em direção da Rodovia Santarém/Cuiabá, mas quando chegaram em uma área de plantação de soja, na comunidade palhal, entraram com o táxi num pequeno ramal entre o mato e a plantação de soja, que ‘Gaguinho’ disse conhecer muito bem, pois teria morado ali próximo, onde pararam o veículo e ali desceram ‘Mineiro’, ‘Negueba’ e Marciano, enquanto que seguiram no táxi ‘Nego Bala’ e ‘Gaguinho’ até mais adiante com a vítima. ‘Gaguinho’ portava uma faca.
Quando pararam o táxi na área de plantação de soja, ‘Nego Bala’ disse que iam se livrar do homem, ressaltando que teriam que matar o taxista, pois este lhe conhecia e, caso não o matasse, iria denunciá-los para polícia.
Percebendo que seria morto, o taxista, que estava entre ‘Nego Bala’ e ‘Gaguinho’, chegou a implorar para não ser morto dizendo ‘pelo amor de Deus não me matem’, momento que ‘Gaguinho’ desferiu, sem dó nem piedade, uma facada certeira no pescoço da vítima, que gritou e ainda tentou esboçar uma reação para se defender, mas foi atacado com diversas facadas no abdômen e uma nas costas, vindo a cair.
Depois de ter constatado que a vítima estava morta, ‘Gaguinho’ e ‘Nego Bala’ seguiram no veículo da vítima, levando a arma do crime suja de sangue, até onde estava ‘Mineiro’, ‘Negueba’ e Marciano, quando 'Nego Bala' disse que teriam que tirar o veiculo dali e seguiram até um posto de venda de combustível na Rodovia BR-163, onde abasteceram o carro com R$100,00. Naquele local ficaram ‘Nego Bala’ e Marciano, dizendo que iriam retornar para Santarém, enquanto que os demais seguiram no veículo da vítima, pilotado por ‘Gaguinho’, pela Rodovia BR-163 em direção da cidade de Rurópolis, mas entraram num ramal do Km 135, conhecido por ‘Vila do Branco’, e seguiram até a ‘Comunidade Bica’, onde entraram uma outra estrada até a Comunidade Poeiral e dali foram para a comunidade Sombra Santa e seguiram pela Rodovia PA 224. Eles chegaram na Rodovia Transamazônica por volta das 23:00 horas daquele mesmo dia, mas antes de chegar na Rodovia, pararam o veiculo e retiraram os adesivos laterais e as duas placas para não levantar suspeita quando chegassem em Uruará. Uma das placas foi jogada no mato e a outra foi colocada no porta-malas.
Chegaram em Uruará por volta de 01:00 hora da madrugada dia seguinte e foram para a casa do cidadão conhecido por ‘Fôfo’, na Vila Bonita, onde pediram hospedagem por alguns dias e disseram que estavam vindo de Moraes Almeida e tinham recebido o carro por R$15.000,00 por terem feito um curral.
No dia seguinte os três passaram a oferecer o carro em venda, mas negociaram o veículo por troca em uma moto Honda Bros e mais R$400,00 em dinheiro quando deram R$100,00 para ‘Fôfo’ como pagamento da hospedagem e o restante se dividiram.
A mesma moto foi trocada por uma outra e ainda receberam mais R$400,00, que foi divido aos três e alugaram um quarto.
A arma do crime, uma faca, foi apreendida com um dos acusados na cidade de Uruará.
Marciano, 'Nego Gala', 'Mineiro', 'Negueba' e 'Gaguinho'
Fotos: notapajós.com.br 

sexta-feira, 8 de março de 2013

DEPUTADO REAFIRMA: 'CASAMENTO É ENTRE HOMEM E MULHER'

O Deputado Federal Marco Feliciano - PSC-SP (foto), escolhido nesta quinta-feira (7) para presidir a Comissão de Direitos Humanos (CDH) da Câmara, reafirmou, após ter sido eleito, que é contra o casamento entre homossexuais, a adoção de crianças por casais do mesmo sexo e o aborto.
'A minha posição é a de sempre: casamento é entre homem e mulher. Essa é uma posição minha. Todavia, o que nós estamos lutando aqui não são proposições religiosas, são proposições da Constituição', afirmou.
Ele argumenta com base no artigo 226 da Constituição, que diz o seguinte no parágrafo 3º. 'Para efeito da proteção do Estado, é reconhecida a união estável entre o homem e a mulher como entidade familiar, devendo a lei facilitar sua conversão em casamento'.
Fonte: ecosdanotícia.com.br e g1.globo.com

quarta-feira, 6 de março de 2013

MELIANTE TENTA ROUBAR DINHEIRO E CORDÃO, MAS É PRESO EM FLAGRANTE

O acusado do crime é o cidadão Kelvin Sousa Santos, 21 anos, residente na Rua da India, nº. 10, bairro livramento, em Santarém/PA.
Desta vez Kelvin tentou roubar um cordão em ouro e certa importância em dinheiro de uma senhora na Travessa Moraes Sarmento, bairro Santa Clara, mas a ação criminosa deu errado.
A vítima abriu o bocão e gritou 'pega ladrão', quando o meliante foi cercado e agarrado por populares em plena via pública. Depois de pegar uns 'catiripapos', ele foi entregue para a Polícia Militar, que o conduziu para a 16ª Seccional,
Neste momento o acusado está sendo autuado em flagrante pelo Delegado Domingos Djalma Rego Pereira.
Kelvin é useiro e vezeiro na prática dos crimes de furto e roubo.
Kelvin Sousa Santos

JÚRI: HOMEM QUE MATOU COMPANHEIRA EM MOJUÍ, PEGOU 17 ANOS DE PRISÃO

Exatos 17 anos, 4 meses e 28 dias de prisão em regime fechado. Essa foi a pena aplicada pelo Juiz de Direito Gerson Marra Gomes, Presidente do Tribunal do Júri da 10ª Vara Criminal da Comarca de Santarém/PA, ao réu Raimundo Nonato de Miranda Maciel (foto à direita), 29 anos, depois que o conselho de sentença, formado por sete mulheres, o condenou pelo assassinato de sua companheira Bárbara Suene Lopes Barbosa (foto à esquerda), à época com 21 anos. O julgamento ocorreu na data de ontem, 05, no prédio do Fórum local.
O crime aconteceu na noite do dia 03.11.2011, na frente da residência do casal, no Distrito de Mojuí dos Campos, hoje cidade.
Tudo teria começado com uma discussão de ciúmes entre o casal, seguido de uma briga que terminou com a vítima esfaqueada duas vezes na perna e o acusado esfaqueado na barriga. A vítima ainda chegou a ser socorrida, mas faleceu a caminho do hospital. Já o acusado, foi submetido a cirurgia e conseguiu sobreviver.
O réu foi defendido pelos advogados Cláudio Araújo Furtado e Celso Luiz Furtado, que tentaram desclassificar o crime para lesão corporal seguida de morte ou homicídio culposo, mas os jurados seguiram a tese do Promotor Público Evandro Ribeiro e condenaram o réu. A defesa anunciou que vai recorrer da sentença.
Fonte: Informações do Jornalista e Analista Judiciário J. Ninos
Fotos: notapajós.com

terça-feira, 5 de março de 2013

PM PRENDE DONA DA 'BOCA DE FUMO' E APREENDE DROGA, ARMAS E DINHEIRO

Veneiranda Jesus Sousa dos Santos - Dona da 'Boca de fumo'
Policiais do serviço reservado da Polícia Militar do Pará, lotados no 3º BPM de Santarém, prenderam em flagrante no final da tarde de hoje, 05, os cidadãos Veneiranda Jesus Sousa dos Santos, 35 anos, residente na Avenida Paulo Maranhão, nº. 1482, bairro Aparecida; e João Felipe Morais Bonfim, 22 anos, residente na Rua Olavo Bilac, nº. 91, bairro santarenzinho, todos em Santarém, acusados dos crimes de tráfico de droga, associação ao tráfico de droga, posse irregular de arma de fogo de uso permitido e corrupção ativa.
Veneiranda é acusada de ser a proprietária da 'Boca de fumo' que funcionava em sua própria casa, e João Felipe é acusado de ser o 'gerente' da 'Boca' e o responsável pela distribuição de droga em diversos pontos da cidade..
Com os dois acusados também foram detidas outras duas pessoas, os cidadãos Arlesson Lopes Soares e Jodson Portela de Azevedo, que seriam, segundo os policiais, viciados e teriam ido até a 'boca' comprar droga, e ali foram encontrados no momento do flagrante.
O marido de Veneiranda, o cidadão Jackson Douglas Santos, vulgo 'Kalunga', conseguiu fugir da 'boca' durante a abordagem policial.
A investida policial foi realizada em dois locais tidos como 'boca de fumo'. Um na casa de Veneiranda e 'Kalunga', localizado na Avenida Paulo Maranhão, em frente ao campo do américa, bairro caranazal, onde os policiais apreenderam 36 'trouxas' de pasta de cocaína, R$712,00 em dinheiro e telefones celulares, e outro localizado noutra casa de Veneiranda e 'Kalunga', na Comunidade São Bras, onde os policiais apreenderam grande quantidade de 'pedra de oxi' (cocaína sólida), R$13.000,00 em dinheiro, um revólver calibre 38, um rifle calibre 22, além de baldes, sacolas plásticas, solução de bateria e outros instrumentos e substâncias químicas usadas na manipulação da droga.
No momento da prisão, Veneiranda, na maior 'cara de pau', ainda tentou corromper os policiais oferecendo todo o dinheiro apreendido em troca de sua liberdade, mas a coisa ficou mais complicada, porque foi enquadrada em mais um crime, o de corrupção ativa.
Todos foram conduzidos para a 16ª Seccional Urbana de Santarém para os procedimentos legais, onde Veneiranda e João Felipe foram autuados em flagrante pelo Delegado Jamil Farias Casseb e já estão à caminho do Sistema Penal do Estado.
Segundo o Delegado, ele pedirá a prisão preventiva de 'Kalunga', que está foragido.
Dinheiro, drogas, armas e celulares foram apreendidos com Veneiranda
Veneiranda Jesus Sousa dos Santos - 'empresária' do tráfico
João Felipe Morais Bonfim - o 'braço direito' de Veneiranda
Arlesson Lopes Soares - alegou ter ido à 'boca' comprar droga
Jodson Portela de Azevedo - jurou, de pés juntos, ser viciado