terça-feira, 2 de agosto de 2011

DETENTO ARRANCA, COM MORDIDA, A ORELHA DO DESAFETO DURANTE BRIGA

O detento Raimundo Farias de Oliveira, vulgo ‘Vavá’, condenado por crime de homicídio e que cumpre pena no Presídio Evaristo de Moraes, no município de Sena Madureira/AC, distante 144 km da capital Rio Branco, teve parte da orelha direita decepada por uma mordida do também detento Francimar Nascimento da Costa, vulgo ‘Neguim’, condenado por tentativa de homicídio.
De acordo com informações, os dois detentos travaram uma luta corporal durante uma partida de futebol realizada no banho de sol.
Francimar e Raimundo participavam da partida de futebol quando se desentenderam e iniciaram uma discussão com ofensas de ambas as partes.
A discussão evoluiu para luta corporal, quando ‘Vavá’ mordeu a orelha de ‘Neguim’, conseguindo arrancar parte da orelha do desafeto com a mordida.
Segundo informações, o pedaço da orelha arrancada na mordida não foi encontrado, o que leva a crer que ‘Vavá’ tenha engolido.
Francimar Nascimento da Costa - ‘Neguim perdeu parte da orelha durante a briga
Fonte: Ecos da Notícia

Um comentário:

José Carlos disse...

Que coisa estranha, hein amigo? já pensou se a moda pega?



Abraços,

José Carlos,

Webmaster do blog: itaitubahoje.blogspot.com